Fazendo negócios na Guiné Equatorial (Mestrado)

África - Escola de Negócios EENI & Universidade HA

Negócios na Guiné Equatorial, Bata, Malabo (África Central)


Início África Bachelor Mestrado Doutoramento Cursos EENI na África

A República da Guiné Equatorial, Bata, Mestrado Comércio e Marketing Internacional.

A Guiné Equatorial (República da Guiné Equatorial) é um país da África Central

  1. A Guiné Equatorial continental (66% do território) comparte fronteiras com os Camarões (189 quilómetros) e o Gabão (350 quilómetros)
  2. A capital da Guiné Equatorial é Malabo (Ilha de Bioko, Guiné insular)
  3. Bata é a capital económica guinéu-equatoriana e a maior cidade
  4. A Ilha de Annobón pertence a Guiné Equatorial
  5. A Guiné Equatorial é o terceiro produtor de petróleo na África subsaariana (90% das exportações guinéu-equatorianas)
  6. A Guiné Equatorial é um pavilhão de conveniência
  7. A Guiné Equatorial é o país mais rico por habitante na África.
  8. A Guiné Equatorial tem uno dos piores resultados em matéria de diretos humanos no mundo
  9. As principais religiões são o Cristianismo católico (81% da população) e as religiões tradicionais africanas

Estudar um mestrado em negócios e comércio exterior à distância em português na Europa (Espanha) com a EENI Business School & HA University

Guiné Equatorial: Mestrado negócios Estudantes guinéu-equatorianos: matricule-se, estude online e receba o seu diploma europeu (Licenciatura, Mestrado, Doutoramento em Negócios Internacionais à distância) desde a Guiné Equatorial

  1. Mestrados: Negócios Internacionais, Marketing Internacional, Negócios na África
  2. Doutoramentos: Negócios Africanos, Comércio Exterior e Marketing Internacional
  3. Bachelor of Science (Licenciatura): Negócios Interafricanos, Comércio Internacional

Estudantes guinéu-equatorianos: Mestrados em Comércio Exterior

Mais informação: Negócios na Guiné Equatorial Portal do treinamento da EENI Business School & HA University.

Negócios na África Central (Doutoramento, mestrado EAD)

Curso a distância: comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC)






Tweter Tweet 
Envie para um amigo:

/ / Contatar Whatsapp / Print
Info EENI Voltar
  1. A população guinéu-equatoriana é de 1,2 milhões de habitantes
  2. Densidade de população: 26,4 habitantes / quilómetros quadrados
  3. A Guiné Equatorial é uma República de tipo presidencial
  4. A área da Guiné Equatorial é de 28.051 quilómetros quadrados (a Guiné Equatorial é uno dos Estados africanos mais pequenos)
  5. A Guiné Equatorial conseguiu a sua independência da Espanha em 1968
  6. Prefixo do telefone: 240
  7. Domínio da Internet: .gq
  8. A moeda da Guiné Equatorial: o Franco CFA (XAF)

Curso EAD: Comércio exterior e negócios na Guiné Equatorial

As províncias da Guiné Equatorial

As dez regiões da Guiné Equatorial são (entre parênteses a capital):

  1. A região insular (Malabo). Ilhas de Bioko e de Annobón
    1. Annobón (San António de Palé)
    2. Bioko Norte (Rebola). Distritos:
      1. Malabo
      2. Baney
    3. Bioko-Sul (Luba). Distritos:
      1. Luba
      2. Riaba
  2. A região continental (Bata)
    1. Centro-Sul (Evinayong). Distritos:
      1. Distrito de Evinayong
      2. Distrito de Akurenam
      3. Niefang
    2. Kié-Ntem (Ebebiyin). Distritos:
      1. Mikomeseng
      2. Nsoc Nsomo
      3. Distrito de Ebebiyín
    3. Litoral (Bata). Distritos:
      1. Bata
      2. Cogo
      3. Mbini
    4. Wele-Nzas (Mongomo). Distritos:
      1. Mongomo
      2. Nsork
      3. Distrito de Aconibe
      4. Distrito de Añisoc
      5. Distrito Oyala

Curso EAD: Fazendo negócios na Guiné Equatorial

Organizações económicas e de integração (Guiné Equatorial)

  1. A Comunidade Económica e Monetária da África Central (CEMAC)
  2. A Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC)
  3. A Organização para a Harmonização do Direito dos Negócios na África (OHADA)
  4. O Banco dos Estados da África Central (BEA)
  5. A Organização Internacional da Francofonia
  6. A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP)

Curso a distância: comunidade Económica e Monetária da África Central (CEMAC)

Transporte e logística na Guiné Equatorial

  1. Na Guiné Equatorial há 2.880 quilómetros de rodovias, a maioria das quais não foram pavimentadas
  2. A rodovia nacional 2 dos Camarões: Ambam (Camarões, Iaundé, Duala) - Gabão (Libreville, Oyem) - Guiné Equatorial.
  3. Durante a temporada de chuvas, as rodovias frequentemente são intransitáveis sem um veículo com tração nas quatro rodas.
  4. Projeto para melhorar as rodovias pavimentadas de Malabo em Luba e Riaba
  5. Projeto: ponte Mongomo (Gabão)-Bata
  6. Ponte Bata-Mbini: o ponte africano mais largo
  7. Projeto: Rede Guiné Equatorial (continental) - Camarões - Gabão

Os portos de Malabo, Bata e o porto Franco de Luba

Curso EAD: Portos da Guiné Equatorial

  1. Aeroporto internacional presidente Obiang Nguema
  2. Aeroporto internacional de Bata

As principais etnias guinéu-equatorianas:

99% da população da Guiné Equatorial é essencialmente Bantu:

  1. Os Fang (72% da população de Rio Muni)
  2. Os Bubi (15% de Bioko).

As religiões da República da Guiné Equatorial

  1. O cristianismo
    1. Os católicos
    2. Os Protestantes
  2. As religiões tradicionais africanas

Os idiomas da Guiné Equatorial

Os três idiomas oficiais da Guiné Equatorial são:

  1. O Espanhol (idioma nacional guinéu-equatoriano, 88% da população)
  2. O Francês (desde 1997, obrigatório em secundaria)
  3. O Português (desde 2011)

O idioma fang é o idioma principal do território continental da Guiné Equatorial, tem mais de um milhão de falantes, dos quais casi 300 mil são guinéu-equatorianos. É um idioma Bantu.

O idioma Bubi é o idioma principal da Ilha de Bioko. É um idioma Bantu.

O Benga fala-se na costa Sul do rio Muni entre os Ndowé

História da Guiné Equatorial

  1. 30.000 AC: restos humanos na província do Litoral (Mossumu)
  2. 3.000 AC: caçadores-coletores em Bata
  3. 1469: chegam os portugueses
  4. 1778: colonização da Espanha: Guiné Espanhola (tratado de San Ildefonso e tratado do Pardo)
  5. 1856: fundação oficial da Guiné Espanhola pela Espanha
  6. 1958: governo autónomo
  7. 1959: os territórios espanhóis do Golfo da Guiné adquirem o status de Províncias Espanholas de Ultramar
  8. 1968: independência da Guiné Equatorial da Espanha

Ensino superior EAD na Guiné Equatorial

  1. Universidade Nacional da Guiné Equatorial (Malabo)

A Guiné Equatorial é membro do Conselho Africano e Malgaxe para o Ensino Superior (CAMES) e da Agencia Universitária da Francofonia (AUF)

Etudar mestrado negócios a distância em Inglês Equatorial Guinea Mestrado comércio exterior EAD em francês Guinée équatoriale Estudar um mestrado EAD em Espanhol Guinea Ecuatorial



(c) EENI Business School & HA University